Início , , As dez estratégias de Segurança e medidas Preventivas de Acidentes em Silos

As dez estratégias de Segurança e medidas Preventivas de Acidentes em Silos



1. EM PRIMEIRO LUGAR, A CRIAÇÃO DE RISCO.
a. Não entrar em silo
b. Manter grãos em bom estado
c. Não aproximar das pilhas laterais de grãos para fazer fluir
d. Impedir a entrada não autorizada, especialmente de crianças

2. REDUZIR A QUANTIDADE DE RISCO EXISTENTE.
a. Se você deve entrar, use cinto / linha de vida e dois observadores
b. Use sinais de mão para se comunicar
c. Treine os funcionários / agricultores / família, dos riscos (consciência dos riscos)
d. Trabalhar a partir de cima para baixo quando limpar paredes de grãos
e. Proporcionar visitas para a equipe de emergência local (bombeiros)
f. Coloque aviso de advertência de perigo nos silos e veículos de transporte

3. IMPEDIR A LIBERTAÇÃO DE RISCO PRÉ-EXISTENTE.
a. Use procedimentos de bloqueio e etiqueta em rosca transportadora
b. Use ferramentas para verificar a existência ou não de ponte de grãos (caminhar em superfície de grãos aparentemente firmes)
c. Use a janela de inspeção e marcadores de grãos

4. MODIFICAR A TAXA OU A DISTRIBUIÇÃO ESPACIAL DE LIBERAÇÃO DO PERIGO DE SUA FONTE.
a. equipamento mais seguro, sistemas de contenção mais horizontal de grãos para minimizar a profundidade que uma pessoa poderia tornar-se envolvida (soterrada)

5. SEPARAR, COM O TEMPO OU ESPAÇO, O RISCO E O QUE ESTÁ SENDO PROTEGIDO.
a. Corte a parte inferior do silo para liberar grãos rapidamente quando a vítima está envolvida
b. Uso de coffer dam(cápsula de resgate) quando a vítima está presa

6. SEPARAR O RISCO E O QUE É PROTEGIDO POR INTERPOSIÇÃO DE UMA BARREIRA MATERIAL.
a. Construir uma ponte sólida (plataforma) no silo para o empregado permanecer com segurança

7. MODIFICAR AS QUALIDADES BÁSICAS RELEVANTES DO RISCO.
a. método mais seguro do equipamento para entrada de grãos do silo
b. Desenvolver um sistema de remoção de grãos que leva o grão do topo para o fundo do silo, para eliminar o efeito de areia movediça.
c. Treinar todos os socorristas locais como atuar com segurança em acidentes com apresamento em grãos
d. Fornecer a todos socorristas locais cápsulas de resgate e ferramentas adequadas

8. FAÇA O QUE DEVE SER PROTEGIDO MAIS RESISTENTE AOS DANOS DO RISCO.
a. Desenvolver equipamentos de proteção individual semelhante a couraça ou armadura peitoral a fim de minimizar o esmagamento da caixa torácica

9. COMEÇA A COMBATER OS DANOS JÁ FEITOS PELO RISCO AMBIENTAL.
a. Use a cápsula de resgate quando a vítima está presa
b. Fornecer a vítima um sistema de notificação (comunicação) para as necessidades de resposta de emergência

10. ESTABILIZAR, REPARAR E REABILITAR O OBJETO DE DANO.
a. Prestar cuidados médicos as lesões físicas
b. Fornecer acompanhamento para distúrbios pós-traumático


Colapso de ponte de grãos

Grãos podem tornar-se ponte quando estão mofados, alto teor de umidade ou em más condições. As películas dos grãos ficam juntos e formam uma crosta que pode ser auto-sustentável. Isto dá uma falsa indicação de que a superfície é seguro para se sustentar. 

O que acontece: Uma cavidade oca formará sob a crosta de grão quando alguns dos grãos foram removidos do silo. A superfície sobre esta cavidade não é forte o suficiente para suportar uma pessoa. Como a pessoa caminha sobre a superfície do grão, a ponte de grãos com uma camada de crosta desmorona. A vítima instantaneamente cai na cavidade e é geralmente soterrada sob vários metros de grãos. 

Problemas de resgate: É difícil encontrar a vítima em tais situações. 

  
Desmoronamento de massa vertical de grãos 

Grãos pode configurar em uma grande massa contra a parede do silo ou em várias formações, quando foi armazenado em más condições. 

O que acontece: A massa de grãos pode desmoronar quando o trabalhador tenta soltá-la. Não há nenhum aviso que isso aconteça. O impacto atinge o trabalhador e soterra instantaneamente. 

Problemas de resgate: Se o desmoronamento secundário ainda é possível, será muito arriscado para o pessoal de resgate para cavar e remover o trabalhador. O grão terá que ser estabilizado ou derrubado, assim é seguro para o pessoal de resgate trabalhar. 



Fluxo de grão 

O fluxo de grão não dará apoio a uma pessoa. Ele vai puxar uma pessoa para dentro da massa do grão (engolfar), à medida que flui. 

O que acontece: A ação de sucção é forte o suficiente para que uma pessoa não possa escalar ou caminhar no sentido contrário e sair. Com a saída do grão (massa) i, a vítima será puxada rapidamente. 

Problemas de resgate: Uma pessoa não pode ser puxada durante a movimentação de grãos sem risco de lesões à coluna vertebral se o grão está no nível da cintura ou superior. A pesquisa mostrou que até 120 kg de tração é necessária para remover um corpo no nível de grãos até a cintura. 


Das possíveis contramedidas acima identificadas, algumas são mais realistas ou viáveis do que outras.
Por exemplo, alguns desses métodos de remoção de perigo já estão sendo utilizadas em operações de grãos, tais como treinamento de conscientização de riscos, lock out tag out, (bloqueio e etiquetagem), observador ou vigia e equipamentos de proteção individual (cinto de segurança/linha de vida) e cápsula de resgate (coffer dam).

Algumas das sugestões de engenharia são menos propensos a vigorar devido a variedade de sistemas de silos, falta de inspeção reguladora, custo, etc Alguns dos itens que ainda não estão desenvolvidos podem ser viáveis para os operadores de grãos. Especificamente, proporcionar visitas a locais para os bombeiros a fim de conhecer os riscos, layout e locais das operações. Além disso, é uma grande oportunidade para verificar se os bombeiros locais estão treinados para lidar com este tipo de situações de emergência e ter o equipamento adequado para responder de forma eficaz.

Fonte: University of Minnesota-Safety

DEIXE COMENTÁRIO ABAIXO:

Comentário(s):